Advogado de Cristiano Ronaldo culpa hackers por vazamento de acordo

Postado em 11/10/2018 7:51

Peter S. Christiansen, um dos advogados do português Cristiano Ronaldo no caso de um suposto estupro ocorrido em 2009 em Las Vegas, soltou um comunicado nesta quarta-feira (10) onde comenta os argumentos utilizados pela defesa do atleta. Segundo o defensor, o acordo entre as partes foi vazado por ações de hacker.

“Esse acordo não representa de modo algum uma confissão de culpa. O que aconteceu foi simplesmente que Cristiano Ronaldo se limitou a seguir o conselho dos seus assessores no sentido de pôr termo às acusações ultrajantes feitas contra ele, a fim justamente de evitar então tentativas, como aquelas a que estamos a assistir agora, de destruição de uma reputação construída graças a um trabalho intenso, capacidade atlética e comportamento correto”, comentou.

A notícia sobre o caso foi dada em primeira mão pelo site “Football Leaks”. No entanto, a “Der Spiegel”, da Alemanha, fez uma longa entrevista com a americana Kathryn Mayorga sobre o suposto caso.

Varela Notícias

Comentários: