Agricultores familiares de Capim Grosso são contemplados com habitação

Postado em 23/05/2017 7:46

Agricultores familiares da comunidade rural de Várzea Suja, no município de Capim Grosso, Território Bacia do Jacuípe, foram contemplados com 16 unidades habitacionais do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), construídas pelo Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). A solenidade de entrega teve a presença do diretor empresa Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), Wilson Dias.

As casas foram entregues aos membros da Associação de Pequenos Agricultores do Sudoeste da Bahia (Apasba). Na ocasião, Dias assinou convênio com a entidade, no valor de R$ 747 mil, para a aquisição de cinco tratores, que irão beneficiar agricultores familiares dos municípios de Queimadas, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Caém e Vitória da Conquista. “Esse convênio faz parte das ações que estamos desenvolvendo para contribuir com associações e cooperativas a dinamizar sua produção com inovação e tecnologia”, disse Dias. O MPA atua no processo de construção de mais 340 habitações rurais.

O coordenador estadual da entidade, Edivagno Rios, enfatizou a importância das moradias para as famílias atendidas. “Hoje é um dia histórico e de muita alegria. Estamos realizando um sonho para essas famílias, que passam a ter um espaço digno para morar, melhorando sua autoestima”. Ele destacou o apoio recebido pelo Governo do Estado. “Coube à CAR nos apoiar na elaboração dos projetos de habitação rural aprovados junto ao governo federal”.

Para a presidente da associação de moradores de Várzea Suja, Leonia Ramos, “a chegada dessas habitações é uma conquista muito grande, pois ainda tinha gente morando em casa de taipa. Agora, temos uma casa ampla, toda de cerâmica. Uma moradia digna de um trabalhador rural e de qualquer pessoa”.

A SDR/CAR e a Prefeitura de Capim Grosso também assinaram um convênio para a limpeza e requalificação de aguadas. “Acompanho o comprometimento do Governo do Estado com o agricultor familiar, há mais de 10 anos. Esse convênio chega numa boa hora, pois estamos com deficiência de recursos. Vamos limpar as aguadas com o objetivo de acumular água da chuva, para que os agricultores consigam produzir, comercializar e ter renda”, afirmou a prefeita Lydia Pinheiro, na sexta-feira (19).

Secom

Comentários: