Agropecuária cresce 33% e garante PIB positivo no Estado

Postado em 05/09/2017 9:08
agropecuária

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estada da Bahia (FAEB) recebe com muito entusiasmo os dados divulgados hoje pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Assim como aconteceu no primeiro trimestre deste ano, a agropecuária foi o setor que mais cresceu no segundo trimestre de 2017 e garantiu que o Estado mantivesse o crescimento no ano. “O Sistema FAEB vem acompanhando atentamente o setor agro, além de atuar intensamente ao lado dos produtores rurais, seja na defesa de seus direitos e interesses, ou na capacitação de mão de obra e levando assistência técnica gratuitamente para milhares de produtores rurais da Bahia. O resultado disso é um setor que continua produzindo, gerando emprego e ajudando a alavancar a economia baiana”, ressaltou o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Sistema FAEB, João Martins.

 

Os dados do setor agro são animadores. O crescimento foi de 33%. Com esse número, a Bahia cresceu 1,9%, na comparação com o primeiro trimestre de 2017. Segundo a SEI, “essa expansão (do agro) é resultado do bom desempenho em culturas tradicionais e que tem grande peso na atividade econômica baiana no período, a exemplo do café, com expansão de 50% na produção, assim como a soja (60%), feijão (66%) e algodão (2%)”.

 

“Há alguns anos o setor agropecuário vem se destacando na Bahia e no Brasil com mais competitividade e rentabilidade, usando tecnologia de ponta, mão de obra qualificada, e, claro, atenta aos assuntos ligados à sustentabilidade e temos potencial para crescer muito mais”, declarou Martins.

 

Segundo estudo da SEI, a indústria apresentou nova queda, com retração de – 6,7%. Já o setor de serviços registrou expansão de 0,5% no segundo trimestre. Comércio (1,2%), atividades imobiliárias (1,3%) e transportes (1,0%) foram os segmentos que mais impulsionaram positivamente o setor. Já a administração pública (-0,2%) contribuiu de forma negativa para o valor adicionado do setor.

Estudo Anterior – No primeiro trimestre de 2017, segundo a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia, a agropecuária cresceu 30% e a Bahia 0,3%.

Comentários: