Águas Claras escolhe finalista do Garota BCS 2018

Postado em 11/10/2018 8:54
Os preparativos para o Concurso Garota BCS 2018 seguem a todo o vapor. A noite desta quinta-feira (10) marcou a escolha da jovem que irá representar a Base Comunitária de Segurança (BCS) de Águas Claras na final da competição. O evento de seleção ocorreu na Paróquia Santa Clara e foi agitado pela performance das sete concorrentes.
A apresentação das aspirantes à Garota BCS 2018 incluiu dois desfiles individuais. Os jurados avaliaram quesitos como elegância na passarela, simpatia, desembaraço em público e fotogenia. Parte do júri, a Garota BCS 2016 Laiana Santana destacou que “o fator essencial é a simpatia. Embora seja um momento que mistura tensão e alegria, relaxar também é muito importante para se sagrar como campeã”.
A vencedora foi Ariadne Melo, 17 anos, que vai representar a comunidade na final do concurso, em novembro. “Eu participei no ano passado. Estou muito feliz e espero dar orgulho à minha comunidade de Águas Claras na final”, comemora a finalista. Na segunda e terceira colocação ficaram, respectivamente, as jovens Amanda Barbosa, 17, e Louise Stephanie Soares, 18.
Além de serem reconhecidas como os destaques da noite, as três primeiras colocadas ganharam bolsas integrais de cursos  profissionalizantes, books fotográficos, mensalidade em uma academia do bairro e dia de princesa em um salão, também da vizinhança. Todas as candidatas ganharam também um certificado de participação.
 
União
O intuito do concurso é aproximar a Polícia Militar da Bahia (PMBA) da comunidade e elevar a autoestima das competidoras e de todos os moradores das áreas em que as BCS estão instaladas. “A cada ano, a comunidade e as instituições que integram a rede de proteção social se aproximam mais da Polícia Militar. Estreitando os laços com esses atores, a tendência é ganhar a total confiança deles e realizar um trabalho cada vez mais positivo”, assegura o comandante da BCS de Águas Claras, o tenente Leonardo Dias.
Realizado desde 2015, o concurso Garota BCS é promovido pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) e integra o programa Pacto Pela Vida. Entre os objetivos da iniciativa ainda figuram a concretização do policiamento comunitário, bem como a valorização étnica e cultura nas comunidades e o estímulo ao desenvolvimento pessoal e profissional das participantes.
O evento também incluiu a apresentação dos integrantes do projeto ‘Primeiro Som’. Trata-se de uma ação de iniciação musical com aulas ministradas por policiais militares. Os alunos do projeto abrilhantaram a noite com apresentações de uma pequena banda composta por alunos que estavam à frente dos vocais, quatro violões e um cajon.

Comentários: