Aguirre é apresentado no São Paulo e promete time mais competitivo

Postado em 13/03/2018 8:11

O São Paulo apresentou nesta segunda-feira (12) o uruguaio Diego Aguirre como treinador do time até dezembro de 2018. No último domingo, o técnico acompanhou a vitória contra o RB Brasil por 3 a 1, de virada, no estádio do Morumbi.

O principal objetivo do novo treinador é aumentar a competitividade do São Paulo. “É fundamental que o time tenha mais competitividade e mostre atitude para ganhar jogo. Garanto que o torcedor vai se sentir representado com o time que estiver em campo”, afirmou Aguirre.

De acordo com Raí, diretor de futebol do clube, este é um dos motivos que fez com que o São Paulo contratasse o uruguaio. “Além de ser um técnico atualizado e moderno, a competitividade foi o principal motivo de termos trazido o Aguirre. É muito importante que o São Paulo volte a brigar pelo que merece”, explicou o dirigente.

Diego Aguirre evitou fazer uma avaliação do São Paulo. “Acompanhei uns seis jogos do time, tenho bastante informações, mas é cedo para eu fazer uma avaliação. Preciso tempo para ter algumas certezas. Eu não quero falar sobre as coisas que passaram”, disse o treinador.

Pressão

No partida contra o Red Bull pelo Campeonato Paulista, a torcida do São Paulo vaiou o time e o novo técnico sabe que vai sofrer pressão dos torcedores. Os próximos dois jogos do time seão decisivos, a terceira fase da Copa do Brasil e as quartas de final do estadual.

“A pressão é normal em um time grande como o São Paulo. A pressão é normal. É uma nova etapa para todos e temos de pensar que tudo é possível. Temos bons jogadores e temos que confirar que podemos ganhar os jogos decisivos do Paulista e da Copa do Brasil”, afirmou Diego Aguirre

Contratações 

Quando perguntado sobre a contratação de jogadores, Diego Aguirre afirmou que agora ele tem de pensar somente nos jogadores que já estão no elenco. “Tenho que aproveitar os jogadores que temos. Eles são os melhores. Não está fechada a possibilidade de trazer outros jogadores, mas isso é no futuro. Agora precisamos trabalhar com o que temos.”

Além de competitividade, o novo treinador uruguaio garante que não vai faltar garra para o São Paulo. “Vamos jogar todas as partidas como se fosse a final. Quem jogar bem fica em campo. Quem não jogar vai pro banco”, garantiu Diego Aguirre.

R7

Comentários: