Aliados avaliam que Temer atirou em Maia e Meirelles ao enaltecer Alckmin, diz coluna

Postado em 12/01/2018 9:36
O presidente Michel Temer recebe ministros, o presidente do Senado e líderes aliados no AlvoradaArquivo/José Cruz/Agência Brasil

Aliados do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avaliaram que o presidente Michel Temer atirou nos que tentam se projetar com suas próprias pernas. A avaliação é uma reação às declarações do presidente Michel Temer que enalteceram o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Todos são cogitados para concorrer ao Palácio do Planalto no pleito de outubro. Em entrevista divulgada nesta quinta-feira (11), Temer disse que Alckmin preenche todos os requisitos de “segurança e serenidade”. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a leitura da declaração foi que Temer sinalizou que ele é o árbitro do jogo, mas a postura é considerada desleal. Isso principalmente no caso do ministro, que é alvo de Rodrigo Maia. Por outro lado, a repercussão das declarações levou o presidente a dizer que não fala mais sobre as eleições até que chegue o momento.

Bahia Notícias

Comentários: