Centenário da Academia Brasileira de Ciências é comemorado no Rio

Postado em 04/05/2016 8:39
Luiz Davidovich

Uma solenidade no Museu do Amanhã, na noite desta terça-feira (3), marcou a comemoração do centenário da Academia Brasileira de Ciências (ABC), reunindo cientistas nacionais e de outros países, que vieram especialmente para a data. O governo federal foi representado pela ministra em exercício do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Emilia Curi.

Os presentes foram saudados pelo cientista Jacob Palis, atual presidente da ABC. Em seguida, o historiador e cientista político José Murilo de Carvalho lembrou a história da entidade, desde sua fundação, 100 anos atrás.

O novo presidente da ABC, o físico Luiz Davidovich, destacou que o país não pode prescindir de investir pesado em ciência e tecnologia para chegar ao desenvolvimento pleno. Segundo ele, a economia brasileira não deve se basear em matérias-primas extrativas e produção agrícola.

“É indispensável fazer ciência, tecnologia e inovação em um país como o Brasil. Temos um desenvolvimento científico tardio. As primeiras universidades brasileiras apareceram no início do século 20. Precisamos correr mais que os outros. E para isso precisamos de investimento pesado. Não se trata de migalhas, mas de um plano consistente para o futuro do país. Ressentimos a falta de um plano de longo prazo”, disse Davidovich, que toma posse com presidente da ABC nesta quarta-feira (4).

ebc

Comentários: