Chicossauro Rex: A estreia de Jorginho e o final da novela

Postado em 06/06/2017 9:47
palacioplanalto
Sobre o jogo de ontem:
Apesar de pegar uma equipe fraca e desnorteada em campo, o Bahia de Jorginho mostrou evoluções. Do time de Guto, manteve a marcação no campo do adversário e a saída em velocidade.
Por falta de um centroavante nato, Jorginho entendeu que, com bons chutadores, a bola ao contrário de ser tocada para a frente (o triângulo com o vértice para frente) dentro da área (facilitando o trabalho dos zagueiros), deveria ser tocada para trás (mudança de posição do vértice).
Dois lances deixaram isso claro. No gol de Vinicius – Zé Rafael (alguém ainda vai contestar esse rapaz?) chega na área e busca o jogador que vem chegando…; e no gol de Ferrareis – o mesmo Zé Rafael, ao invés de chutar ou cruzar, toca para trás.
Allione destoou um pouco ontem. Peça ainda para Jorginho acertar o posicionamento para ser mais produtivo.
Queimei minha língua com Renê Jr. O cara consegue evoluir a cada jogo, melhorou o passe, está marcando mais na frente, tem uma força de vontade incrível para recuperar bolas perdidas. Não é exagero chamá-lo de “pulmão” do Bahia.
Vamos esperar que o colombiano Mendoza possa ser o homem de frente, mas, se não for, que Jorginho consiga encaixar mais do que um sistema tático. O anterior, de Guto, estava fácil para os adversários entenderem e anular.
Apesar de ser contra um time fraco e candidatíssimo à queda, 3×0, em qualquer competição atualmente, é um resultado a ser exaltado.
BBMP!
+++
Final apoteótico em Rock Story: até os mortos ressurgiram cantando o hino ao amor despretensioso. Gosto, sim de novela, ainda mais quando envolve uma história leve, interessante, nova (pop) e com final de musical. (perdi 10 minutos do jogo do BBMP)
+++
O problema do poder no Brasil é que tem “muito chefe de quadrilha pra pouco bandido chulé”!
+++
Engraçado… hoje podem dançar Temer e Dilma no TSE. Pouco se comenta o assunto. Nem coxinhas, nem Mortadelas, nem kibes, nem salsinhas…
+++
chicossaurorex@yahoo.com.br

Comentários: