Crônicas do Carnaval I: A coragem de Vini

Postado em 01/02/2018 9:46

Os amigos ficaram atônitos quando Vini declarou convictamente:
– Não gosto de Ivete!
– Como assim, tá brincando? Sacanagem, né!? – retrucou Didi
– Não gosto e pronto!
– Como alguém pode não gostar de Ivete – apontou Ninha
– Não gosto, nem sou obrigado a gostar!
– Ah! Você é do fã clube de Cláudia… Já entendi! The Voice kids, né?
– Não gosto de Cláudia!
– Então é adorador de Daniela…! Seu Banzeiro…!
– Não gosto de Daniela!
– Margareth…? Márcia…? Katê…? Carla…? Vina…?
– Não, nenhuma delas!
– Você está louco, Vini? Esqueceu de tomar o remedinho hoje, foi? – debochou Moni
– Nada disso, não gosto de ouvir. Não suporto ver. Simples assim! Me libertei! Não gosto e pronto!
– De quem você gosta, então? – perguntou em tom de desaforo Rafinha
– Da Baby. Da Baby Consuelo. Anos 70 para 80, antes de virar a cabeça e mudar para Baby do Brasil… com aquele suvaco cabeludo, aquela voz sensual, gingado, aquela energia telúrica. Aquela carinha de quem fez seis filhos e que faria muitos mais cantando Brasileirinho…
– Manda internar – gritaram em coro todos os amigos e amigas e foram desfazendo o grupo sorrateiramente cantarolando “No Groove”…

+++
chicossaurorex@yahoo.com.br

Comentários: