Especialista alerta para os cuidados que devemos ter com a pele na estação mais quente do ano

Postado em 10/01/2019 8:57

A chegada do verão requer alguns cuidados com a pele. Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia apontam que a cada ano 100 mil brasileiros desenvolvem algum tipo de tumor na pele e que a exposição excessiva ao sol é a principal causa. Por esse motivo, quem deseja manter um belo bronzeado durante a estação deve adotar certos hábitos para aproveitar apenas o melhor do sol.

A coordenadora do curso tecnológico de Estética e Cosmética do Centro Universitário Estácio da Bahia, Daniella Gomes, ressalta que as pessoas devem evitar a exposição ao sol entre as 10 e as 16 horas e usar óculos escuros, chapéus, bonés, além do protetor solar. “O protetor solar é indispensável para qualquer tipo de pele. Ele deve ter FPS (Fator de Proteção Solar) de no mínimo 15 e ser reaplicado a cada duas horas ou após exercício, mergulho ou suor excessivo”, afirma. O FPS deve ser definido de acordo com a cor da pele. Quanto mais clara, maior deve ser o fator de proteção.

Daniella recomenda que o uso do protetor solar seja diário e diz que o produto é indispensável até mesmo em dias nublados. Para as mulheres, aconselha o uso de maquiagem com proteção solar. “Se a maquiagem não tem essa proteção, é necessário aplicar protetor antes de se maquiar”, alerta. Hoje, é raro encontrar quem não saiba que a exposição excessiva aos raios solares aumenta a incidência de câncer de pele, especialmente nas pessoas de pele muito clara. No entanto, as praias e piscinas cheias em horários inadequados indicam que ainda não há mudança de comportamento. “Os danos da pele causados pelo sol são cumulativos. Com o passar da idade, quanto mais freqüente e duradoura for a exposição, maiores os riscos”, alerta Daniella.

Sobre a Estácio

A Estácio, um dos maiores e mais respeitados grupos do setor educacional do Brasil, atua há 48 anos no segmento de ensino superior. Presente em 23 estados e no Distrito Federal, por meio do ensino presencial, e em todo o Brasil com o EaD, conta com mais de 500 mil alunos matriculados. Atuante em projetos que contribuem para o desenvolvimento social e cultural do País, a Estácio promove o Programa de Responsabilidade Social Corporativa Educar para Transformar. O programa, que apoia iniciativas em cinco pilares – Esporte, Escola, Cidadania, Cultura, Inovação e Empreendedorismo – reflete o compromisso do Grupo Estácio de oferecer uma educação acessível e de qualidade e, assim, gerar um impacto positivo para a construção de uma sociedade mais justa.

Comentários: