Esposa de milionário norueguês está sequestrada há 2 meses

Postado em 09/01/2019 1:59

A polícia da Noruega confirmou, nesta quarta-feira (9), que Anne-Elisabeth Hagen, esposa de um conhecido milionário do país, permanece há dois meses em cativeiro e que seus sequestradores pediram um resgate em criptomoeda para libertá-la.

“A nossa hipótese principal foi sempre a de que foi sequestrada em sua casa”, disse hoje em entrevista coletiva o inspetor Tommy Brøske, que explicou que a notícia foi revelada agora diante das dificuldades para fazer a investigação avançar.

Hagen foi vista pela última vez no dia 31 de outubro do ano passado em sua casa em Lørenskog, ao nordeste de Oslo.

Criminosos usaram plataforma digital para entrar em contato

A polícia norueguesa, que conta com a ajuda da Europol e da Interpol na investigação do caso, acredita que se trata de criminosos profissionais, que até o momento se comunicaram com a família através de uma plataforma digital.

“Neste período não foram recebidos sinais de vida da desaparecida, mas também de que não continua viva”, disse Brøske, que admitiu que não há suspeitos e que não se sabe se Hagen está na Noruega ou no exterior.

Segundo a imprensa norueguesa, os sequestradores pedem 9 milhões de euros na criptomoeda Monero, um número não confirmado pela polícia, que no entanto revelou que os sequestradores ameaçaram fazer mal a Anne-Elisabeth se o pagamento não for feito.

Anne-Elisabeth Hagen, de 68 anos, é casada com Tom Hagen, um investidor imobiliário que controla uma das principais empresas elétricas da Noruega.

Segundo a revista econômica Kapital, Hagen ocupa o posto número 172 entre as maiores fortunas do país, com 1,7 bilhões de coroas norueguesas (aproximadamente R$ 740 milhões).

O casal, que tem dois filhos, levava uma vida discreta, de acordo com veículos de imprensa locais.

R7

Comentários: