Estudo mostra que consumir pouco carboidrato pode reduzir expectativa de vida

Postado em 18/08/2018 8:12

Um estudo publicado nesta sexta-feira (17), na revista científica “The Lancet” revelou que evitar a ingestão de carboidratos pode reduzir a expectativa de vida. A pesquisa concluiu que pessoas jovens que obtêm quase metade de suas calorias diárias de carboidratos vivem em média vários anos a mais do que aquelas que seguem dietas com muita carne e pouco carboidrato.

Para os pesquisadores, uma alimentação com poucos carboidratos fornece menos de 40% do total de energia. A coordenadora do estudo, Sara Seidelmann, destaca que “as dietas com poucos carboidratos que os substituem por proteínas ou gorduras são cada vez mais populares como estratégia saudável ou de perda de peso”, mas complementa: “Nossos dados, no entanto, sugerem, que uma dieta com base em produtos animais e baixa em carboidratos pode estar associada a uma expectativa de vida menor e não deveria ser incentivada.”

De acordo com o Estadão, a pesquisa foi realizada de acordo com históricos médicos de 15,5 mil pessoas com idades entre 45 e 64 anos. Os participantes responderam questionários detalhados sobre seus hábitos alimentares. Ao longo de 25 anos, mais de 6 mil deles morreram. As pessoas que obtinham entre 50% e 55% de suas calorias dos carboidratos viveram em média quatro anos a mais do que as pessoas com dietas reduzidas nesses alimentos, e um ano a mais do que aquelas cuja alimentação tinha índice elevado de carboidratos.

Bahia Notícias

Comentários: