Ford promove workshops de customização para 400 estudantes de escolas municipais de Camaçari

Postado em 09/02/2019 9:01

Orientar as crianças e adolescentes de escolas públicas de Camaçari a customizar roupas que não usam mais, de maneira criativa e prazerosa, é o objetivo dos workshops que serão realizados como parte do Projeto Mochilas Ecossustentáveis, uma parceria da Ford com o Projeto Axé. Cerca de 400 alunos de dez escolas municipais do Ensino Fundamental I e II  participarão das atividades entre os dias 11 e 15 de fevereiro, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação.

Os monitores, jovens integrantes do Projeto Axé que estão estudando Moda e Artes Visuais, vão ensinar aos participantes oprocesso de customização, que envolve várias técnicas manuais com toques de criatividade. Eles aprendem técnicas de pintura, bordado, apliques e colagem para transformar em novas peças as roupas que não usavam mais.

“A ideia é mostrar aos alunos que eles podem reciclar roupas que já não têm mais encanto para eles com criatividade, de maneira econômica e respeitando o meio ambiente”, ressalta Marcos Candido, coordenador de Arteducação do Projeto Axé. Essa é a quinta edição deste projeto, que já atendeu cerca de 2.000 estudantes até agora.

Costureiras

As oficinas realizadas nas escolas integram o Projeto Mochilas Ecossustentáveis – iniciativa da Ford com o Projeto Axé – que teve início em 2014, e incluiu a capacitação de um grupo de mulheres interessadas em aprender a arte da costura. Nos últimos cinco anos, a Ford distribuiu 50 mil mochilas sustentáveis para crianças de famílias de baixa renda que estudam em escolas públicas de Camaçari. As mulheres receberam treinamento para costurar e produzir as mochilas, feitas com tecidos reciclados dos uniformes usados por empregados da Ford. O curso deu às costureiras a oportunidade de aprender uma atividade com o potencial de ganharem renda extra.

“Além do aspecto social da parceria da Ford com o Projeto Axé, a iniciativa promoveu a conservação ambiental, incentivando a reciclagem de materiais, uma vez que as mochilas foram produzidas a partir do reaproveitamento de uniformes”, afirma Roberta Madke, gerente de Relações Corporativas e Responsabilidade Social da Ford.

A parceria da Ford com o Projeto Axé é realizada por meio do Ford Fund, braço filantrópico da empresa que apoia iniciativas e instituições que ampliem as oportunidades para aqueles que vivem nas comunidades onde a companhia atua.

Comentários: