Novo Ford Ecosport brasileiro é finalmente revelado

Postado em 09/06/2017 7:33
ecosport

A Ford apresentou na noite desta quarta-feira (7) o novo Ecosport, que chega às lojas brasileiras nos próximos meses. Produzido em Camaçari, na Bahia, o SUV compacto estreia no Salão do Automóvel de Buenos Aires, na Argentina, reforçando seu novo status de modelo global. Visualmente, o utilitário exibe elementos novos em relação ao Ecosport apresentado em novembro de 2016 nos Estados Unidos, durante o Salão de Los Angeles. Para uma reestilização, as mudanças são profundas, sobretudo na cabine.

SUV terá novos motores

Com pré-venda confirmada para o fim de julho, o novo Ecosport virá com uma nova linha de motores. Nas versões de base, promoverá a estreia do inédito 1.5 TiVCT de três cilindros, apresentado em maio em São Paulo. A novidade agora são os números de desempenho: será capaz de gerar 137 cv de potência e um torque de 16,2 kgfm. Nos modelos de topo, será oferecido o 2.0 Direct Flex com injeção direta de combustível, mesmo motor que equipa a linha Focus. Este entrega 178 cv quando abastecido com etanol.

Outra novidade mecânica importante é o câmbio das versões automáticas. Sai de linha a transmissão automatizada Powershift de seis marchas para a adoção de uma caixa convencional, também com seis velocidades. A mudança ocorre depois de a montadora receber muitas reclamações sobre problemas com o câmbio Powershift. Já as versões de acesso seguirão com a oferta de transmissão manual. Números de desempenho e consumo só serão divulgados no lançamento. As primeiras unidades serão entregues em meados de agosto.

O que muda por dentro

Além da forte renovação mecânica, o novo Ecosport também radicaliza na cabine. O painel e os revestimentos das portas foram totalmente remodelados, e o SUV passará a oferecer, pela primeira vez, uma generosa tela multimídia de 8 polegadas sensível ao toque. O equipamento traz o sistema Sync3, que estreou em 2016 no Focus. Desenvolvido em parceria com a Microsoft, a central tem comando de voz, GPS, Bluetooth, som da Sony e as plataformas Apple Carplay e Google Android Auto para conexão de smartphones.

Entre os equipamentos também haverá novidades interessantes. Versões topo de linha terão, por exemplo, teto solar e chave presencial com partida do motor por botão. Haverá opção de bancos parcialmente forrados em couro e volante emprestado do Focus, com diversos comandos. Na parte de segurança, a ancoragem Isofix para cadeirinhas infantis é padrão e os modelos mais caros terão sete airbags — incluindo um para os joelhos do motorista. Já as nomenclaturas atuais (SE, FreeStyle e Titanium) serão mantidas.

Precursor da categoria SUV compacto no Brasil, o EcoSport terá vida bem mais complicada pela frente — daí a reforma profunda. Para voltar ao topo das vendas, terá de superar uma legião de novos utilitários que chegaram às ruas nos últimos dois anos. Atualmente, o Honda HR-V é o campeão, seguido por Jeep RenegadeHyundai Creta. O Ecosport está empatado com o Nissan Kicks, e tem vários outros rivais na briga, como Renault Duster e Captur, Chevrolet Tracker, Peugeot 2008, JAC T5Suzuki Vitara.

R7

Comentários: