Polícia quebra sigilo de internautas para investigar ameaças a Deborah Secco

Postado em 20/01/2017 8:36
A Polícia Civil de São Paulo solicitou quebra de sigilo de usuários de sites e de empresas de telecomunicação para investigar as ameaças de morte sofridas nas redes sociais pela atriz Deborah Secco, incluindo as que foram direcionadas a sua filha, Maria Flor. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a ocorrência foi registrada há cerca de quatro meses. Nesta segunda-feira (16), Deborah declarou que aguardava uma resposta, após, no último domingo (15), ser atacada no perfil do ator Bruno Gagliasso, que postou uma foto dela com a filha. “Até eu matar a mamãezinha dela. Aí quero ver o que será dessa Maria Sapo Flor”, escreveu um usuário, que também ofendeu Maria Flor chamando-a de “bochechuda filhinha do Diabo”.

Comentários: