Preço da cesta básica sobe em várias capitais

Postado em 10/12/2015 8:40

O preço da cesta básica em novembro aumentou em todas as 18 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em Salvador, a cesta básica registrou forte alta de preço, ficando 8,53% mais cara em novembro do que no mês anterior: a cesta passou a custar R$ 323,23 na capital baiana, contra os R$ 297,83 registrados em outubro. Em novembro, a cesta de Salvador foi 7ª mais barata, dentre as 18 capitais pesquisadas.

No período acumulado nos últimos 12 meses (de dezembro de 2014 a novembro de 2015), o custo dos alimentos básicos apresentou alta de 26,40% na capital baiana. A cesta básica calculada em Salvador pelo Dieese é composta de 12 produtos.

Com o aumento no custo da cesta básica em Salvador, o trabalhador soteropolitano, que recebe um salário mínimo, comprometeu 44,59% de seu rendimento líquido com a cesta básica em novembro. Este percentual foi maior do que o comprometido em outubro (41,08%). Ou seja, o poder de compra foi reduzido em novembro.

Ainda segundo o Dieese, a cesta básica de Salvador ficou mais cara no mês de novembro em decorrência da alta nos preços de 8 (oito) dos 12 (doze) produtos que a compõem. Os outros 4 (quatro) produtos que compõem a cesta registraram queda no preço.

O preço do tomate voltou a registrar expressiva alta num único mês, com variação de 58,14% em novembro na capital baiana. O açúcar foi outro produto que apresentou forte alta de preço em Salvador, com variação de 28,33% em novembro. O óleo de soja registrou nova alta no preço médio na capital baiana, com variação de 14,23% em novembro. A banana registrou aumento de 13,58% no preço médio em novembro, após dois meses em queda. O preço do arroz subiu pela terceira vez seguida, registrando variação de 8,93% em Salvador.

Dentre os produtos que registraram redução de preço, a farinha de mandioca teve a maior queda, com variação de -8,50% em novembro. O feijão foi outro produto que ficou mais barato em Salvador. O preço médio do pão francês, após oito meses seguido registrando alta, caiu 1,85% em Salvador no mês de novembro.

As maiores altas foram apuradas em Brasília (9,22%), Campo Grande (8,66%) e Salvador (8,53%). As menores altas foram registradas em Belém (1,23%), Aracaju (3,16%) e Florianópolis (3,54%).

De janeiro a novembro de 2015, todas as cidades também acumularam altas. Destacam-se as elevações registradas em Salvador (20,69%), Campo Grande (19,55%), Curitiba (18,81%) e Aracaju (18,76%). Os menores aumentos, que ficaram abaixo de 10%, aconteceram em Goiânia (6,85%) e Belém (5,87%).

Varela Notícias

Comentários: