Proteína do leite pode ser eficaz contra zika e chikungunya, diz estudo

Postado em 22/09/2016 3:06
Um estudo realizado por pesquisadores do Instituto Evandro Chagas e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apontam que a lactoferrina, uma proteína presente no leite bovino, pode reduzir o poder de ataque dos vírus causadores da zika e da chikungunya. De acordo com informações do portal G1,a  lactoferrina já era conhecida por cientistas como um potencial antiviral, por isso decidiram testá-la em relação essas arboviroses. No estudo, o efeito da lactoferrina bovina foi testado em células de rim de macaco e foi identificado um enfraquecimento de até 80% na efetividade dos vírus.  Outra característica positiva da proteína é que não foi observado nenhum tipo de efeito tóxico provocado por ela. No entanto o estudo apenas sugere um mecanismo genérico que pode ser explorado para desenvolver uma potencial estratégia contras as infecções (de zika e chikungunya). Os cientistas ressaltam inclusive que beber leite simplesmente não poderia prevenir ou tratar uma infecção de zika e chikungunya, nesse caso a quantidade de proteína não seria suficiente para combate a esses vírus. Um dos próximos passos do estudo é descobrir a dosagem exata. O trabalho está publicado no site de pesquisas de biologia bioRxiv, mas ainda não passou pela revisão de especialistas que é algo comum em publicações científicas. No entanto devido a gravidade da crise da epidemia de Zika, o estudos sobre a tem sido divulgados de forma preliminar para a comunidade científica como forma de acelerar a busca por formas de combater a doença.

Bahia Notícias

Comentários: