Sarampo está eliminado do Brasil, segundo entidade internacional

Postado em 26/07/2016 3:38
O sarampo está eliminado no Brasil, de acordo com a presidente da Comissão Internacional de Especialistas para a Eliminação do Sarampo, Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita (SRC), Marceline Dahl-Regis. O último caso relatado no país foi no Ceará, em julho de 2015. Até o final de 2016, a expectativa é que o Brasil receba o certificado de eliminação do sarampo pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O mesmo ocorreu, em 2015, com a rubéola e a síndrome da rubéola congênita. Durante visita nesta terça-feira (26), Dahl-Regis elogiou o trabalho integrado do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde (SES) do Ceará. “O Ministério da Saúde, junto com a Secretaria Estadual e municipais de Saúde no Ceará, buscaram sempre agir de forma oportuna para enfrentar e garantir a interrupção da cadeia de transmissão do sarampo. Isso demonstra a eficiência do trabalho integrado feito pelo monitoramento e a vigilância dentro do Sistema Único de Saúde do Brasil”, completou o secretário executivo, Antônio Nardi. No Brasil, o sarampo é uma doença de notificação compulsória desde 1968. Desde a implantação do Plano de Eliminação do Sarampo, em 2000, a doença apresentou baixa morbimortalidade. No mesmo ano, foram registrados os últimos casos autóctones no país.

Comentários: