Swift depõe em processo de DJ que agarrou sua bunda e diz que homem não a fará ‘sentir culpa’

Postado em 12/08/2017 8:14
Taylor Swift

Na quinta feira (10), a cantora Taylor Swift esteve no tribunal de Denver, nos Estados Unidos, a fim de depor contra o DJ David Mueller, acusado por ela de assédio sexual. De acordo com Taylor, David agarrou sua bunda em uma foto durante um meet and greet. O processo começou quando o DJ perdeu o emprego devido a repercussão do caso e pediu uma indenização de 3 milhões de dólares. A cantora entrou com um contra processo, pedindo apenas 1 dólar como indenização caso vencesse, a fim de mostrar que o caso não se trata de dinheiro e sim de respeito.

 

De acordo com a revista People, que acompanhou a audiência, revelou algumas respostas de Taylor, nas quais ela relate ter vivido um momento “horrível” e “chocante”. “Ele agarrou minha bunda e me afastei, visivelmente desconfortável. Os primeiros milésimos de segundo, pensei que deveria ser um erro”, contou ela. Ao ser questionada sobre como reagiu quando soube sobre a demissão de Mueller por causa da repercussão do caso, Taylor respondeu:  “Não tive reação nenhuma porque ele é um estranho para mim, não sabia que ele perdeu o emprego. Foi uma consequência das ações dele, não das minhas. Não vou deixar você ou seu cliente me fazer sentir culpa. Não sei nada sobre o Sr. Mueller, não o conheço. Acho que o que ele fez foi desprezível, horrível, chocante, mas não o conheço”.

Bahia Notícias

Comentários: