Alerta da Sesab aponta 4 mortes por vírus da gripe em 2018; pasta nega risco de surto

Postado em 13/03/2018 3:20

A Bahia registrou, nos meses de janeiro e fevereiro, 27 casos suspeitos, com quatro mortes, de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causada pelos vírus Inluenza A H1N1 e Influenza A H3N2. A informação está contida em um alerta epidemiológico da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), datado de 5 de março, que vazou nas redes sociais nesta semana. De acordo com o documento, foram confirmados três casos: dois por H1N1 (um evoluiu para óbito) e um por H3N2 (também evoluiu para óbito). Ao Bahia Notícias, a Sesab informou que este é um alerta interno, emitido anualmente, apenas para que os profissionais de saúde fiquem atentos aos sintomas do paciente. A pasta ressaltou que não há risco de surto. O último boletim da Sesab aponta que, em 2016, foram notificados 282 casos de SRAG, com 29 mortes, até 29 de abril.

Comentários: