Casal que matava mulheres e vendia partes dos corpos das vítimas é preso

Postado em 10/10/2018 1:38

Um casal foi preso no México transportando corpos humanos em um carrinho de bebê. Eles são acusados de terem matado pelo menos 10 mulheres e vendido pedaços dos corpos das vítimas.

“São fatos inéditos, nunca havíamos nos deparado com tal coisa antes”, disse o promotor do Estado do México Alejando Gómez Sánchez. Segundo ele, trata-se de “feminicídios em série”.

No apartamento do casal, policiais encontraram restos humanos de vítimas dos dois. Para os investigadores, a dupla também guardava corpos das vítimas em cubos cheios de cimento, em baldes e em um frigobar e os vendia.

A prisão dos dois se deu após o desaparecimento, em setembro, de Nancy Huitron, 28, e de sua filha, de apenas dois meses de idade, Valentina. “Eles não mostram sinais de culpa pelo que fizeram, mostram felicidade”, disse o promotor Gómez.

Varela Notícias

Comentários: