ICEP leva “Educação Transformadora” ao FSM 2018

Postado em 13/03/2018 11:29

Nesta sexta-feira, 16 de março, o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) participa do Fórum Social Mundial 2018, com o seminário “Educação Libertadora: um lugar!”. A proposta é criar uma “Tertúlia Dialógica”, como metodologia de sensibilização, debate e discussão do analfabetismo no país. O evento acontece às 11h, no auditório da ABI – Associação Bahiana de Imprensa, no Centro Histórico de Salvador, e faz parte das atividades autogestionada do Fórum, dentro do Eixo “Educação e Ciência pra a Emancipação e Soberania dos Povos”.

O seminário convoca os participantes a uma escuta ativa e sensível sobre a problemática da desigualdade social e de como a alfabetização é mecanismo fundamental e transformador de realidades, muito além da qualificação de leitores. A atividade propõe uma olhar diferenciado para o que Cybele Amado, pedagoga e Diretora Presidente do Instituto destaca como uma alfabetização plena, consciente e libertadora. “Se nós queremos um Brasil da mudança, precisamos garantir a todos os cidadãos o direito de saírem do obscurantismo do analfabetismo”, afirma ela, que é a principal facilitadora da metodologia do evento.

A atividade tem base na experiência de mais de 20 anos do Instituto, uma organização social que mobiliza cerca de 15 mil educadores no trabalho de melhoria da realidade da educação pública brasileira, por meio de formação continuada, produção e sistematização de conhecimento e mobilização de atores sociais e políticos. Com sede no município de Seabra (BA), na Chapada Diamantina, e escritório de apoio em Salvador, o ICEP construiu sólida expertise nesta área e sua metodologia inovadora tem sido responsável por evoluções radicais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos municípios parceiros.

Comentários: