Tufão nas Filipinas pode afetar até 10 milhões de pessoas

Postado em 13/09/2018 3:32

Cerca de 10 milhões de pessoas devem ser afetadas pela chegada do tufão Mangkhut às Filipinas. A previsão é que a super tempestade acerte em cheio o país no sábado, mas milhares já estão sendo evacuados das áreas costeiras nesta quinta-feira (13).

O tufão já passou pelas ilhas de Guam e Marshall, na Micronésia, ainda como uma tempestade nível 2, e deixou um rastro de casas destelhadas, alagamentos e danos às redes de distribuição de energia elétrica.

À medida em que foi se aproximando das Filipinas, o Mangkhut ganhou força e agora é considerado um tufão categoria 5, a de mais alta intensidade.

A previsão é que o tufão Mangkhut (também chamado Ompong, em filipino) provoque tempestades com ventos de até 255 quilômetros por hora.

Enchentes e deslizamentos

De acordo com autoridades governamentais, os principais riscos são de desabamentos provocados pelos ventos e enchentes de grande porte.

Outro risco iminentes são grandes deslizamentos de terra, já que a região é afetada pelo clima de monções, com chuvas intensas há vários dias, o que deixa o solo encharcado e propenso a este tipo de desastre.

O boletim divulgado pelo Pagasa (Serviço Meterológico, Astronômico e Geofísico das Filipinas, na sigla em inglês) informa que chuvas e ventos fortes devem atigir a região de Luzon, ao norte dos arquipélago que forma o país, ainda nesta quinta-feira.

As autoridades também alertam para que barcos, especialmente de pequeno porte, evitem sair para o mar desde já.

A Cruz Vermelha das filipinas enviou uma caravana para as províncias do norte das Filipinas. “Estamos enviando nossas equipes de atendimento e nossa frota de veículos de resgate para manter os filipinos a salvo”, disse o diretor da organização, Richard Gordon.

Tufões já provocaram milhares de mortes

As Filipinas estão na rota de grandes tempestades e tufões no Pacífico Sul.

Em 2013, o supertufão Hayan fez cerca de 6 mil vítimas fatais e é considerado o mais letal dos últimos anos. Em 2016, foi a vez do Haima deixar um rastro de destruição, com dezenas de milhares de casas destruídas.

Uma das preocupações das autoridades em relação ao tufão Mangkhut é que ele repita ou até supere este nível de destruição.

Além de ser considerado um tufão nível 5, ele tem uma extensão de mais de 900 quilômetros. Por isso, seu raio de influência pode ser maior do que outros supertufões.

R7

Comentários: